terça-feira, junho 13, 2006


Jogando pro gasto, Brasil vence Croácia

A nossa seleção canarinho, estréio hoje na Copa do Mundo 2006, com uma vitória, simples e suada sobre a defensiva seleção croata.

Em um jogo na qual brilhou a estrela de Kaká, o Brasil conseguiu o resultado em um lance, que vem sendo a aposta de muitas grandes seleções, o chute de fora da área.

O Brasil começou bem o jogo, e partindo pra cima da Croácia, mais a jogada acabava quando a bola chegava nos pés dos atacantes brasileiros, Ronaldo e Adriano.

Era visível, que faltava um toque de velocidade no ataque, o que seria resolvido com a entrada de Robinho.

Adriano, como sempre, explorava mais seu físico, do que sua habilidade, e Ronaldo, visivelmente fora de forma, nada fazia, apenas andava de um lado para o outro.

A única coisa que fez foi um chute de fora da área, que passou perto do gol.

Já Ronaldinho, muito marcado, não jogou muito bem para a sua capacidade, mais brilhou mais que muito craque de outras seleções. Porém é visível a preocupação dele com a objetividade, não dando tanto show com seus dribles.

Kaká jogou muito bem, chegava atrás pra receber, carregava muito bem a bola, e sempre que a Croácia abria um espaço, ele batia pro gol. E assim que surgiu o gol brasileiro, que numa arrancada de Cafu pela direita, ele tocou pra Kaka, que emendou uma pancada para o gol.

Os laterais brasileiros apoiaram menos que o normal no primeiro tempo, e a zaga não comprometeu muito.

Algo que me deixou bastante preocupado, foram às defesas do Dida. Dificilmente ele agarrava a bola, sempre defendendo em dois tempos. Vale lembrar que numa falha em uma defesa de dois tempos, que surgiu o primeiro gol do Brasil, na final da Copa de 2002.

Todos esperavam Juninho Pernambucano ou Robinho no segundo tempo, mas Parreira voltou sem nenhuma alteração.

O Brasil voltou sonolento em campo, e a Croácia voltou novamente toda postada na defesa, esperando o Brasil.

Enquanto isso, a torcida croata dava um show na arquibancada, o que não era respondido a altura pela torcida brasileira, que estava tão sonolenta como o time.

E o segundo tempo foi se arrastando assim, com o Brasil tentando chegar, mas parando na defesa croata, e a Croácia atacando esporadicamente.

Aos 23 minutos, Parreira fez a primeira e única alteração no time brasileiro, tirando o sonolento e fora de forma Ronaldo, que saiu vaiado por todo o estádio, para a entrada de Robinho, que deu muito mais movimentação ao ataque Brasileiro, e chegava para jogar com Kaká e Ronaldinho.

Só que Adriano, isolado e inoperante não ajudava nem um pouco o time.

E assim o jogo se arrastou ate o final, com a vitória brasileira por 1x0.


2 Comments:

At 7:43 PM, Anonymous João Paulo V. said...

Vergonhoso é como cassifico esse jogo do Brasil e Croacia.
Não para o time brasileiro, mas sim para o tecnico, que não se preocupou em mexer no time.
E Ronaldo, mostrou que ainda não está prontro para a copa podendo prejudicar o time.
Com a entrada de Robinho, o time ganhou movimentação e velocidade.
Káka mostrou que poderá ser o melhor jogador do time.
Com esse 1ºjogo o Brasil mostrou que nesse ritmo, o quadrado mágico está disposto a fracassar desde o começo e Ronaldo, merece o lugar de decepção do dia.

 
At 11:42 PM, Blogger Magui said...

Azar da Croacia! Futebol e bola na rede. Nao sou da teoria que o pior ganha.Isso nao existe.
http://somagui.zip.net

 

Postar um comentário

<< Home